Relato do meu parto

Hoje vim contar um pouco de como foi minha experiência no meu parto, sei que já faz algum tempo, mas acho que é um assunto de muito interesse para mamães e gravidinhas, então achei que seria legal contar para vocês. Tudo começou no dia 02 de outubro de 2014, quase não dormi a noite, estava tendo contrações mas bem desregulados, mas sabem como é né a gente fica super ansiosa a cada sinal diferente, bom passei o dia com essas contrações, mas não sentia for, nenhuma dor, eram umas 4:30 da tarde liguei para minha sogra e falei o que estava acontecendo, ela falou que já estava vindo na minha casa, quando ela chegou expliquei que as contrações estavam cerca de dez em dez minutos não que não tinha dor nenhuma, apenas uma pressão na barriga, ela falou que não era normal sentir contrações sem dor, então resolvemos ir para o PS, só por precaução já que minha gravidez não tinha sido tão simples. Estava calma, jamais pensei que ficaria internada ja, chegando no PS passamos com o médico de plantão, ele fez o toque e disse que estava com 8 de dilatação, e já me internou, fui direto pra sala pré parto. Estava eu lá com aquela roupa de hospital com um sorriso no rosto e chega o obstetra, olha pra mim e diz, duvido que você esteja com 8 de dilay, você está muito contente, dito e feito, estava com 2, o outro medico tinha errado, não sei se ele não sabia ou sei lá só sei que errou, aí o obstetra falou, já que está aqui vamos esperar esse bebê, dormi a noite toda na sala pré parto, acordei com um pouco de dor, mas nada insuportável, tomei meu café da manhã, super tranquila, não deu uma hora depois, começou, aquela dores horríveis, não estava aguentando, aí a enfermeira me deu Buscopan, um seringa enorme de Buscopan, gente que maravilha, a dor não sumiu totalmente mas aliviou muito, dormi mais um pouco, acordei com mais dor, e contração, até que era umas 16:00 o médico veio falou que eu estava com 9,5 de dilatação, falou pra esperar até chegar a dez, mas fiquei tanto tempo chegar a dez, quando era 17:30 minha sogra foi no hospital me ver, ai meu marido falou pra ela ficar comigo que ele ia em casa tomar um banho rápido. Não deu quinze minutos que ele tinha saído o médico veio me buscar pra ir pra sala de parto, deitei naquela cama e nada do meu marido chegar, fiz força uma vez, ai meu marido chegou, que alívio não queria ficar sozinha, aí mais algumas forças e nada do bebê nascer, aí minhas contribuições pararam, sim pararam no meio do parto, fiquei lá acho que uns 20 minutos e nada, até que o médico fala, não dá mais pra esperar, vamos ter que puxa-lo. E eu ali pensando, como assim puxa-lo, ele pegou o fórceps e puxou meu bebê, ele não chorou na hora que saio, fiquei apreensiva, mas segundos depois que as enfermeiras levaram ele na sala do lado, pude ouvir o chorinho mais lindo do mundo, ali esqueci tudo que tinha passado, nada mais importava, só meu bebê, trouxeram ele pra mim, todo enrrugadinho, aqueles olhinhos inchados. Depois do parto fui para o quarto logo levaram ele lá comigo, no quarto onde eu estava dava pra ouvir o som da entrada de ar do hospital, mas ela fica ligada uma minutos e se desligava, o nenê só dormia com o barrulho do ar kkkkk, não entendia o porquê, até que um dia olhando na internet vi um vídeo com o barrulho do útero, era igualzinho KKK, por isso ele só dormia quando o barrulho vinha. No sábado tive alta depois do almoço, e enfim ele conheceu a casinha dele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s